terça-feira, 31 de julho de 2012

Produtores

Yoo! Hoje resolvi que ia fazer uma playlist organizada por produtores, para que vocês possam saber quem é o "autor" de suas músicas favoritas. É importamente lembrar deles, afinal, nenhuma música de Vocaloid existiria sem os que eu carinhosamente chamo de "P's"!
Nem Icon.pngNem: Atualmente um dos produtores mais famosos por usar o Len, ainda que não use só ele.
Homepage oficial: NemiuCanal do youtube: Nem's Music
Twitter: Nem-P
Seus PVs costumam ser ilustrados sempre pela mesma pessoa, que usa o nome de "Tama".

Alguns vídeos:

Natsu-P Icon.pngNatsu-P: Mais conhecida pelo VanaN'Ice (músicas do KAITO, Len e Gakupo em que o Len costuma ah.. vocês sabem.. estar de vestido). Geralmente em seus PVs os Vocaloids estão com visual Kei. Às vezes faz musicas instrumentais, apenas com o piano. O gênero em geral de suas música é Rock.
Blog: MusicNatsuVocaloid
Twitter: SCL Natsu

Alguns vídeos:

Crystal-P Icon.jpgCrystal-P: Também conhecida como HzEdge, é uma produtora conhecida por criar diversas músicas (principalmente usando Len ou KAITO). Sua primeira música, Crystal Mic, ganhou uma atenção considerável (foi então que ela conseguiu um "P" em seu nome). Erase To Zero foi seu trabalho mais conhecido.
Website: K-Kei


AVTechNO's LogoAVTechNO!: É um produtor de músicas especialmente do gênero Techno. Seu nome vem de "ADVANCE TECH NO!" e expressa que ele não se satisfaz com o próprio trabalho, querendo técnicas mais aprofundadas, ainda que seja considerado atualmente um produtor em destaque por fazer Vocaloids soarem como nunca fora visto em outras músicas. Sua música mais famosa é Darkness Six, do Len.
Blog oficial: next
Bom, por hoje só esses! E desculpem-me por "desaparecer" do nada.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

+ Wallpapers

Oi povo! Ultimamente não tem tido muitas novidades de Vocaloid que tenham haver especialmente com o Len... Então aqui vai um post com wallpapers pra quem quiser! o wallpaper, não o Len v.v
É só clicar na imagem pra ampliar!
Se alguém estiver procurando uma música pra ouvir... Ouçam essa de novo :3 bom, acho que todo mundo aqui já ouviu ela T.T


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Spice!


Todos nós já ouvimos falar dela. Todos nós a amamos, confessem logo! Por esse e outros motivos... Hoje um especial dedicado à esse tempero de música! Com várias versões e PVs diferentes. Obs: É meio 18+... Não tanto, é só... Spice!

sábado, 31 de março de 2012

Outras Versões

Como todo Vocaloid, o Len tem várias versões diferentes e/ou vários fanmades em que sua voz é baseada. Aqui vão alguns, já que são inúmeros!

Magane Len (também conhecido como Hagane Len)

Kagene Rei

Haine Ren
Kagene Satsuki

Tsukimine Marth

Kagamine Lenka

Kazemine Retsu

quinta-feira, 22 de março de 2012

Download CD: White Flower ~all my Love~

O White Flower está entre meus CDs favoritos! E é feito pelo KiddoP (uma das pessoas que eu mais vi utilizar o Len). Bom, quem quiser, é só aproveitar!

Tracklist:
01.White Flower
02.Lonely Live
03.Ride on a blue bicycle
04.Day that changes into sepia
05.Door of Fate -reaL gate remix-
06.Interlude-Rain-
07.Waltz of sound of raindrops and lie
08.Bright red lotus
09.Panda virus
10.Toy box that attached to sleep
11.Yellow Angel
12.Castle near lake feat.KID
13.Moonlight Melody feat.KID

sábado, 10 de março de 2012

Asami Shimoda: Perfil


Asami Shimoda (下田 麻美 – Shimoda Asami) nasceu no dia 30 de Janeiro de 1986, é uma seiyuu e cantora de nacionalidade japonesa.
Seus trabalhos mais conheçidos são as gêmeas Futami no game The Idolm@ster e, é claro, o motivo pelo qual estamos aqui, Kagamine Len <3. Nos games para adultos ela usa o nome de Hanano Kaori.
Asami é também conheçida como “Asapon” por seus fãs.
Ela desenvolveu seu dom como seiyuu em seus tempos de colégio e recebeu uma bolsa de estudos para uma escola de seiyuus. Sua carreira profissional começou em 2005, no game The IdolM@ster, que impressionou a empresa Crypton Future Media, que a contratou sem duvidar.



Persoagensque já dublou:

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Asami Shimoda

Essa entrevista foi tirada do Vocaloid Brasil, e se refere à Seiyuu do Len (e da Rin também, na verdade).
No lançamento do Append dos Kagamines, Asami Shimoda, dubladora do software, deu uma entrevista para o site japonês “Shuu-asu”. Ela estava acompanhada de Wataru Sasaki, criador da Miku, e a pessoa encarregada dos produtos Vocaloid na Crypton.
Fazem 3 anos que os Kagamines foram publicados.
Asami Shimoda: Verdade. Fazem 3 anos, mas a gravação na verdade foi a cerca de 3 anos e meio. Eu lembro que o ‘boom’ da Miku estava acontecendo. Naquela época, eu pensei que Vocaloid era um software DTM que apenas profissionais e músicos amadores iriam aproveitar e usar para providenciar vocais temporários.
É realmente surpreendente ver que 3 anos depois os personagens ainda são tão amados! É simplesmente inacreditável. Por exemplo, existem CD’s que eu nunca ouvi falar sendo lançados. Os CDs da Miku estão no topo das paradas da Oricon, e tem jogos desenvolvidos pela Sega que ficaram muito populares. Eu também fiquei surpresa quando vi que a maioria dos cosplayers na Comiket estavam usando fantasias de Vocaloid.
Você vai na Comiket?
Shimoda: Eu vou seguidamente. Eu amo!
E as pessoas te reconhecem como alguém que trabalhou em Vocaloid, e falam sobre você estar lá?
Shimoda: Eu vou disfarçada, então não tem problema com isso! (risos) Os Kagamines meio que viraram emblemas nacionais, então não tem nada que me faça mais feliz do que fazer parte disso. Realmente espero continuar encontrando todos esses cosplayers no futuro e celebrar o quarto e quinto aniversários com eles.
O que mudou desde que você gravou Rin e Len?
Shimoda: Eu tenho recebido mais cartas de crianças, por exemplo, estudantes de ensino fundamental.
Eles ouvem músicas de Vocaloid?
Shimoda: Hoje em dia crianças usam a internet também. Eu recebo mais e mais mensagens como “todo mundo ouve na escola”, “Eu sou parte do clube de transmissão, e durante o recreio eu ponho música de Vocaloid no ar”. Parece que ouvir Vocaloid no NicoNicoDouga por exemplo, é bem popular em escolas.
Eu também recebo muitas ilustrações. Mas já que eu apenas cedi minha voz, eu sinto um pouco de ‘culpa’, e penso “Não fui realmente eu que cantei”.
Voltando ao começo, de onde vieram os nomes?
Wataru Sasaki: Vejamos… Nós começamos a graver no começo de 2007, e não tínhamos escolhido os nomes ainda. Tinha esse anime, “Fist of the North Star” (“Hokuton no Ken”), que a sra. Shimoda realmente gostava naquela época, e nós conversávamos sobre ele de tempos em tempos no estúdio. Então, estávamos conversando e estávamos discutindo se havia uma ‘Rin’ no anime ou não. E subitamente, enquanto a sra. Shimoda estava gravando, nós exclamamos “Essa era a Rin!”, e começamos a pensar nos nomes Rin e Ken.
Sério?
Shimoda: Sim. Nós pensamos que “Rin e Batt” era uma referência muito descarada, então achamos que Rin e Ken ficava melhor. (risos)
Sasaki: Tem um rapper de Hokkaido que usa o nome de “Shuren the Fire”, com referência ao personagem de “Fist of the North Star”, Shuren. Talvez estamos ultrapassados nesse tipo de homenagem.
Shimoda: Na verdade, eu não sabia que os nomes foram trocados para Rin e Len até que alguém da Crypton me contou um pouco antes de eu dar uma entrevista para uma revista, e foi um alívio enorme! Eu achei Len um nome muito legal. Os nomes poderiam então serem representados como “L” e “R”, e tinha um certo charme nisso.
Porque foi escolhido “Len”?
Sasaki: Eu sempre acabo usando piadas nos meus trabalhos” (risos) Eu uso piadas frequentemente para que a atmosfera divertida do estúdio passe para os produtos, isso deixa as coisas mais interessantes.
Quando você foi contatada 3 anos e meio atrás, o que lhe disseram?
Shimoda: Eu só sabia que eu tinha que fazer duas vozes, que eles queriam que soasse como uma pessoa cantando duas vozes diferentes. Eu acho que eles me contataram porque eles acharam que eu era capaz de fazer ambas as vozes de um menino e uma menina, então, eu estava bem feliz.
Você foi chamada depois do lançamento da Miku?
Sasaki: Não, antes.
Shimoda: Foi logo depois de terem escolhido Saki Fujita para fazer a voz da Miku.
Você estava pensando nos Kagamines como gêmeos a esse ponto?
Sasaki: Bom, já que os vpideos do iDOLM@STER eram realmente populares naquele tempo, eu pensei que as pessoas iam reconhecê-la imediatamente como a dubladora dos gêmeos. O ponto deles era ter dois personagens que eram apenas um pouco diferentes. O fato que as pessoas perceberiam que uma única dubladora estava por trás dos dois personagens acrescentou um toque legal, também.
Shimoda: É, eu acho que sim. Não existem muitos dubladores que façam “papéis gêmeos” como esse.
Sasaki: Ainda mais, ao dublar os gêmeos no THE iDOLM@STER e os Kagamines, você tem ainda mais chances de receber mais ofertas para esse tipo de papel-duplo no futuro.
Shimoda: Sabe, eu faço dublagem em outos locais também, e existem muitas pessoas que estão encarregados de animes que gostam dos Kagamines. Por exemplo, no primeiro episódio de um anime que eu trabalhei, tinha uma cena que se passava em um parque, e havia um Road-roller como se fosse completamente normal! (risos)
Incrível, os Kagamines ficaram realmente populares! Quando você tem que interpreter o Len e a Rin, você tem algum tipo de truque para fazer as vozes diferentes?
Shimoda: Não, na verdade não. Eu não faço conscientemente, é uma coisa mais intuitiva.
Sasaki: Parece que apenas acontece.
Shimoda: É… Se eu tivesse que descrever intuitivamente, eu diria que a diferença é que a voz da Rin sai do topo da minha cabeça, enquanto a do Len sai do meu estômago. Eu imagino a voz fofa da Rin saindo do redemoinho do meu cabelo. Você sabe, aquele tipo de voz aguda que você faz com seus olhos arregalados, realmente vem de lá. Ao contrário, a voz grave do Len não sai direito se você não usar o poder do seu estômago. Eu vejo a voz dele saindo do centro da minha barriga, vindo de baixo.
Sasaki: Eu acho que os ouvintes sentem isso. Aqueles que não gostam da voz da Rin falam como a voz dela ressoa em suas cabeças e faz eles se sentirem tontos, embora tenha pessoas que gostem dessa voz também. As vozes de Rin e Len soam como relâmpago descendo com um “boom”, ou melhor, eles soam um pouco como gritos. A voz aguda de Len em particular, foi criticada bastante.
Quando o primeiro demo do Append saiu, as pessoas ficavam falando sobre ele.
Sasaki: Sim, nós ouvimos coisas como “Len não pode soar macio, ou ele não vai mais ser o Len!”
Nos Appends, seis novas vozes foram adicionadas, porque havia uma necessidade de controles melhores em termos de expressões. Como você conseguiu executá-los?
Shimoda: Sr. Sasaki me deu instruções. Eu nunca havia gravado amostras para Rin e Len, e ainda mais, essas amostras serão processadas pela engine de Vocaloid, então fica ainda mais difícil saber o que fazer. Enquanto eu estava gravando, tinha vezes que eu me perguntava coisas como “Isso realmente soa como a voz do Len sussurrando?”
Houve vozes difíceis de fazer?
Shimoda: Com certeza, mas eu não me lembro qual era…
Sasaki: O processo de gravação se extendeu por vários dias, e já que os voicebanks seriam nomeados apenas após a gravação, houve alguma confusão no estúdio. Primeiro nós gravamos uma voz meio tensa da Rin, então uma voz meio melosa e também uma meio romântica para o Len. Em algum ponto, nós também gravamos uma voz mais poderosa, e por último, uma voz mais sussurrada.
Shimoda: Nós fizemos muitas gravações. Para a voz melosa que o Sr. Sasaki mencionou, me disseram para fazer uma voz triste na verdade. Mas como não combinou com o que ele tinha em mente, ele me falou para fazer uma voz “melosa”, e ele achou ótima. Levou bastante tempo.
Para a gravação, você não tinha falas de verdade. Eu ouvi dizer que foi bem difícil colocar emoções.
Shimoda: Eu tive que dizer coisas esquisitas como “zan, zan, jii”, e basicamente eu tinha que dizer tudo com uma entonação igual. Com falas normais, você pode acentuar algumas partes e expressar tristeza por exemplo, mas se você fizer isso nas gravações de Vocaloid, as vozes ficam inconsistentes.
Requer que você faça coisas mais difíceis do que dublagem comum, certo?
Shimoda: Eu acho que sim. Requer muita concentração! Nós gravávamos por cerca de 4 horas por dia, e um total de cerca de 25 horas; quando você tem que repetir as mesmas palavras por um longo período de tempo, você pode ficar sonolento se não se concentrar o suficiente. No estúdio, diferente do que acontece nos estúdios de anime, a equipe de som ficam muito quietos, e a única coisa que eu podia ouvir era minha própria voz. Também tinha o som com o qual eu tinha que combinar minha voz, para dar o ritmo.
Sasaki: Um pouco como cânticos sutra… Parecia com o sutra do coração. (risos)
Shimoda: Sim, eu realmente tive a impressão de estar ouvindo um sutra. Em alguns momentos, eu até tive a impressão que eu estava meio dormindo. Agora eu me pergunto se consegui gravar tudo certinho…
Sasaki: Nah, você foi ótima! (risos)
Shimoda: Mesmo? Eu realmente espero que sim. Não era sobre me divertir ou não; eu estava tentando muito me concentrar
Como você se sentiu quando terminou?
Shimoda: Eu estava mais ou menos assim: “ah, não consigo mais trabalhar hoje!” Eu tive a impressão que havia usado toda minha energia.
E como você se sentiu antes do lançamento?
Shimoda: Eu achei incrível lançarem exatamente três anos depois do lançamento original! Foi de propósito?
Sasaki: Sim. Três anos atrás, os varejistas estavam nos pressionando para terminarmos pelo menos antes do Natal, e fizeram o mesmo esse ano no lançamento do Append.
De fato, foi lançado depois do Natal, não era o momento ideal.
Shimoda: Mas então, lançar três anos depois do original é um bom momento. Eu espero que as pessoas organizem eventos todo ano no dia 27 de dezembro para celebrar o aniversário dos Kagamines.
Três anos atrás, eu estava pensando “Será lançado muito em breve!” Depois disso, as pessoas começaram a me mandar muitos emails, e eu estava tipo “Finalmente, foi lançado!” E então esse ano a mesma coisa aconteceu novamente; quando eu gravei pela primeira vez, eu não imaginava que isso iria acontecer.
No Act1, eu apenas gravei sem emoções, mas no Append, houveram vozes tristes, sussurrantes e gentis, por exemplo. Isso vai adicionar profundidade as musicas, e eu espero que os novos usuários de Vocaloid aproveitem essa oportunidade para usar isso.
Que comentário incrível!
Sasaki: Ninguém consegue promover um produto melhor que ela! Que tal vir trabalhar na nossa Cia.?
Shimoda: Você não tem empregados o suficiente?
Sasaki: Não, não tenho empregados o suficiente, nem sorrisos o suficiente.
(risos) Para concluir essa entrevista, vocêspodem me contar que tipos de músicas vocês gostariam de ouvir com os Appends?
Shimoda: É uma questão difícil. Eu acho que o gênero de Vocaloid está gasto, porque Hatsune Miku é provavelmente a artista com o maior número de músicas no mundo. Por isso seria ótimo ouvir músicas onde os Appends são usados com todo seu potencial. Por exemplo, se é uma balada, usando a voz sussurrada para fazê-la triste, ou ao contrario, usar uma voz mais poderosa para adicionar um balanço, e assim por diante.
Sasaki: Eu acho que seria divertido usar MMD (Multimedia Displays) e fazer manzai skits (personagens) com Rin e Len. Então você teria Rin batendo no Len, e ele subitamente mudaria do Append Power para o Serious, como se ele estivesse chorando. Mas de qualquer jeito, o que interessa mesmo é que as pessoas usem como bem quiserem.